Sobre

Marina Mafra

Responsável pelo Blog Resenhando por Marina

Nasci em 1988 e desde 2012 sou paciente de esclerose múltipla. Tinha muita dificuldade em falar da doença, por um tempo me fechei. Até que duas amigas resolveram me dar um livro chamado A Culpa é das Estrelas. A leitura mudou a minha vida! Passei a perceber que a doença tinha vários pontos de vista, que eu poderia me divertir e que eu deveria ser grata por ela não me matar. Como reclamavam demais da minha dificuldade em falar, resolvi criar um blog onde passei a contar toda a minha rotina com a doença. Se chamava Diário da Esclerosada. Através dele consegui manter amigos e familiares informados da minha situação e ainda conheci mais pacientes e familiares de pacientes. Com o diário eu ajudei, mas fui ajudada na mesma medida. Em 2015 achei que não era mais capaz de ajudar, pois não vinha conseguindo me ajudar. Passei por três anos enclausurada e não percebi que parar de escrever, consequentemente me fez parar de desabafar. Foi quando nasceu o blog Resenhando por Marina, onde eu resenho livros lidos. Uma forma de ocupar a mente, mas eu não escrevia sobre o que me incomodava. A doença se alimentava da minha alma, então resolvi que era hora de voltar a escrever. Criei um novo blog, chamado Sra. Múltipla, onde apenas desabafo, não há mais tantos leitores e muito menos ajuda, mas junto com o tratamento que venho fazendo tem me ajudado. Só que eu gosto de ajudar e sei o quanto informação de qualidade MUDA a história das pessoas. Nessa ânsia de conscientizar, resolvi, mais uma vez, escrever para ajudar, mas sem me expor diretamente. Por estar tão envolvida no meio literário, surgiu a ideia de criar uma personagem para viver muito do que vivi descobrindo o diagnóstico, em uma história fictícia, que mostrasse o sentimento e a realidade de um paciente, compatível com a teoria, porém trazendo a experiência. Assim nasceu De Repente Esclerosei. Do meu sonho de não parar de conscientizar o mundo. Para que as pessoas saibam mais sobre a doença, para que os familiares compreendam melhor a mente dos pacientes e para que os meus amigos de lutas acreditem que NÃO ESTÃO SOZINHOS!

Como nenhum sonho construímos sozinhos, conheça a equipe que fez DRE acontecer: AQUI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário