Dia 16




Trilha Sonora DRE - Faixa 15 - Dream Theater - I Walk Beside You



Oi, pessoal!

Essa parte da história eu volto a gostar, embora seja difícil pelos sintomas e sensações, pois surgem pessoas como a Mit pra ela se relacionar e mesmo isso possa assustar de alguma maneira, ter quem te compreenda na pele é sensacional!

O que acharam dos capítulos?

A Casa Rosa foi inspirada em uma casa que eu vi em Canela - RS.


Linda né?

AMANHÃ, DIA 29/11/2018, LEREMOS OS CAPÍTULOS 30 E 31.

Será nosso penúltimo dia juntos! 😭

A gráfica me deu 10 dias úteis para entregar os livros, já estão sendo feitos! Não vejo a hora de abraçar e cheirar muito eles. hehe

Até amanhã!

Beijos

83 comentários:

  1. Aurora furacão mais uma vez tentando controlar a vida de Mit, já não basta o que Mit está passando com os efeitos que a medicação tá causando rora não da uma trégua, mais dessa vez Mit se estressou será que essa briga vai durar até quando !
    E Dimi encontrou uma ONG onde outros pacientes de esclerose múltipla dividem seus diagnósticos isso pode fazer bem pra Mit se ela não fosse tão afobada KKKKK mau chegou e já fico todo preocupada com alguns casos e pensando do SI EU TIVER ela e demais ! Novas amizades esse capítulo foi bem legal , conhecer as experiências de outras pessoas ajuda !
    Aí Meus Deus mais pausa pra lamentação não acredito que já está acabando esse livro e a nossa leitura coletiva !
    Maria Carolina dos Santos silva OK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha morri com o Mit afobada!kkkk

      Amo seus comentários, sempre um resumão de tudo! 😄😍

      Vamos ter que criar mais motivos para estar juntas!❤

      Excluir
    2. Concerteza espero passar mais momentos como esse !😍

      Excluir
  2. Leila Viana Queiroz OK
    Acabando 😭
    Compartilhar com pessoas que passam o "mesmo" processo é bem construtivo. Acho válido.
    Ainda bem que não vão vender o apartamento ☺️
    Eu queria que a Mit procurasse uma segunda opinião, não muda o diagnóstico, mas acho que é bom ter um outro olhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que, do jeito dela, era o que a Aurora queria dizer, né?🤔

      Excluir
  3. Mariana Ferreira Silva-OK
    A ação da Aurora é normal, ela só quer proteger e cuidar da amiga. Porém, ela passou dos limites, além de em nenhum momento perguntar se Mit estava tendo reações e como estava.
    Achei a ação do Dimi de encontrar um grupo de apoio ótima, com o decorrer Mit aprenderá muito lá e também fará novos amigos.
    Que ela e a Aurora se entendam logo♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Mari! Acho que ela só não soube como falar. Fico me imaginando no lugar dela. Teria pirado sem poder ajudar. Vamos torcer para que elas fiquem bem, né?

      Excluir
    2. Entendo, é complicado ver a melhor amiga passando por tudo isso e não souber como ajudar.

      Excluir
  4. Querendo ficar com ódio da rora mas lembrando do final
    Gente, essa casa, tinha que ser real, e amei como ela fez uma diferença na história
    Sobre a ONG, você achou um lugar assim ou é algo que você queria ter tido e colocou no livro? Imagino como deve ser bom poder compartilhar o que você passa com pessoas que passam o mesmo
    Isabela Alvarenga Mello- ok

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahhaha morri! Já sabe como termina.

      Encontrei algumas ONGs, Isa! O apoio em lugares assim é fundamental. Recomendo uma nos agradecimentos do livro.

      A primeira vez que vi uma moça andando como eu, quase chorei. Foi lindo. Hehe

      Excluir
  5. Gente a Rora me da muita raiva às vezes!! Imagino como a Mit se sente comnela tentando controlar tudo, pq se tem algo q eu detesto é q tentem controlar a minha vida, mesmo q a pessoa esteja com a melhor das intenções, que é o q a Rora acredita!!

    Fico muito feliz por agora ter mais pessoas q entendem melhor o q ela senta pra compartilhar os sentimentos, mas sofri com ela conforme ela foi descobrindo mais sintomas possíveis!! Eu tbm não costumo gostar muito de saber sintomas de nada, pois como ela acho q vou sentir tudo por causa do psicológico!!

    Aí sofrendo que tá acabando!! Tá sendo tão maravilhosa a leitura, queria acompanhar a Mit por mais tempo e saber um pouco mais de tudo!!

    Adrieli Fernanda Ribeiro - ok

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, Dri! Não posso ler bulas!haha Tenho todos os efeitos colaterais.🙈

      Excluir
  6. Camila dos Santos Santana - ok

    Sigo com raiva/ ranço da Aurora! Noooooosssssaaa! A Mit é muito boazinha cara!
    Ainh, quero tanto ela é Dimi na casa nova logo!
    Eu fiquei super mal por ela na reunião... Gostaria de ta na saída abraçar ela é dizer que ficaria com ela, que ela n passaria por md sozinha e que por mais assustador que fosse..tudo é pra nos ensinar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda!! Deu até vontade de te incluir na história!😍😍

      Excluir
  7. Que casa linda!! Aaah estou ansiosa, com certeza o livro físico será lindo.

    Jenni Magalhães- ok

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara, Jen! Tô torcendo pra gráfica fazer do jeitinho que eu pedi.🙈😄😍

      Excluir
  8. Aline sacramento-ok
    Aurora como sempre me irritando...

    ResponderExcluir
  9. Mal posso acreditar que já está acabando, não quero que chegue ao fim;-;
    Esther Souza Maia ok

    ResponderExcluir
  10. Tatiane de Araujo Silva ok
    A casa vista assim fica mais linda do que eu tinha imaginado, e quanto a Rora que ela só quer ajudar mais e irritante... E que bom ela encontrar amigos que passa pelo mesmo que ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda, né Tati? Queria muito mirar lá!😊😍

      Rora segue complicando tudo! 😣

      Excluir
  11. Karina F. Perin ok!
    Ai gente que triste não quero que acabe mas fiquei muito feliz de ver novas pessoas que realmente entendem o que a Mit passa...ah casa é um sonho que lindaaa !ai essa Aurora esta merecendo uns tapas mesmo sendo preocupação ela exagera de mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tô assim também, Ka! Quero que saibam o final, mas não quero deixar vocês!😢

      Excluir
  12. Eu teria me estressado com a Rora igual à Mit. Achei feio da parte dela abandonar a amiga por birra... Esperando que se resolvam no final.
    Gostei da história da ONG. Assim a Mit vai ver que não está sozinha.

    Não a julgo pela gafe de achar que o Enrico poderia interpreta-la mal... eu tb achei estranha a aproximação dele. Nao queria um triângulo amoroso. Ainda bem que nao era isso rsrsrs
    A Melissa é uma graça hahaha

    Anna Karoline Garnier de Albuquerque - okeey

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahhahah coitado do Enrico! Só queria ajudar.
      Eu amo a Mel! Uma das minhas favoritas!😍

      Excluir
  13. É bom ver que a Mit tem o apoio do Dimi e que ele se mantém do lado dela. Aurora me decepcionou muito, não esperava essa reação dela, sei que ela estava preocupada, mas isso não dá o direito dela mandar na vida da Mit.
    Sobre coisas boas, adorei o Enrico e a Mel, parecem ser ótimos amigos e sei que eles serão importantes para a Mit.
    Estou ansiosa para continuar a leitura.

    Luma Minikel de Oliveira - Ok.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vontade de bater na Rora, né?
      Conhece alguém assim? Pq sempre temos. 😬

      Excluir
    2. Acho que todo mundo já teve uma Aurora em sua vida. Mas nem todos são Mitali para aguentar tanto tempo e ainda achar normal. A minha Rora já aprendeu a lição sobre tentar controlar os outros ahsuahsu

      Excluir
  14. Leticia dos Passos da Luz Yamamoto -ok.
    Queria dizer que tive que concordar com a Aurora sobre procurar uma segunda opinião, porém, ela fez errado em decidir com quem, onde e como! Ela é impossível nessa parte, mas devo dizer que também sou assim as vezes rsrsrs. Sobre a ONG eu fiquei feliz da Mit ter ido, espero que ela se relacione mais com eles. Não quero que acabe :'(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso, Le! Há formas e formas de se falar as coisas, né? Rora bagunça tudo.

      Também não quero que acabe. 😢

      Excluir
  15. Ariana de S. M. dos Santos
    Capítulos 28 e 29: ok.

    Oi Má!
    Também não vejo a hora de ver o livro físico! Ansiosa com vc, toca aqui! rsrs

    Que casa linda, uma casa dos sonhos mesmo!

    Gostei demais dos capítulos de hj. Confesso que sou muito Rora e já conto o pq, mas isso que ela fez, eu jamais faria. Qdo eu soube o que a minha Mit tinha, eu estava em um momento de decisões na minha vida (estudos, profissão), mas eu já era velha pra isso, então não podia errar de jeito nenhum. Eu sempre quis estudar biologia, mas não sabia muito o que eu queria fazer com isso, talvez me especializar em bioética....era o que eu tinha em mente, mas sem muita certeza, pq sempre tive uma queda por laboratórios e procedimentos minuciosos. Então, veio o diagnóstico da minha Mit...eu já havia lido muito sobre EM, mas também não sei pq, talvez pq conheci rapidamente uma senhora que era paciente, e onde eu morava tinha uma cartela de conscientização dos sintomas...eu nem imaginava que podia ser uma "preparação". Mas então, com isso, eu não tinha mais dúvida do que eu ia fazer: minha tão esperada biologia, com pesquisa relacionada à EM. Alerta de textão!!! Cheguei na Universidade (numa cidade que eu nem conhecia) toda perdida e encontrei um professor que no primeiro dia de aula falou brevemente da sua pesquisa e que trabalhava na área de Neurociência; no intervalo (eu não podia perder essa oportunidade) fui direta ao ponto: "Vc trabalha com EM?" Ele me olhou assustado e só conseguiu responder: "Mas como vc sabe? Eu nem falei tão especificamente". Pronto, até hj nunca mais larguei ele (é meu melhor amigo agora, dividimos nossos motivos em estudar EM), a biologia, a pesquisa; estudo EM e NMO....nisso fui até além da Rora, mas nunca converso com minha Mit sobre EM, só quando ela quer, mas nunca falo dos meus estudos, das incertezas de diagnósticos (nem preciso né, muitas coisas ela já sabe na prática)...Ai, Rora, vai logo pedir desculpas pra Mit!

    Sabe, esses capítulos me lembrou muito tb um vídeo com a música do U2, Beautiful Day, feito para o dia mundial da EM, não sei se vc já viu Má...eu confesso que não vejo muitas vezes, pq sempre choro, mas mostra muito bem como cada lida com sua situação. É um vídeo que eu não consigo recomendar pela emoção que me causa, mas eu gostaria muito que muitas pessoas assistem à ele.

    Do tanto que te falo aqui que eu choro, vc acabou conhecendo meu lado mais escondido...rsrsrs...não vivo chorando por aí tá...só com essas histórias com EM, Mitalis e Roras...estou tentando me defender! rsrsrsrs

    Grande bj, Má! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha "estou tentando me defender"! Ri demais disso.

      Eu disse pra mana (minha Rora), que apareceriam pessoas que se identificaram com ela. Talvez não com as mesmas atitudes, mas sentimentos. Hoje eu entendo bem, depois de muitas conversas e discussões com a mana. A verdade é que todas sofremos e se sua Mit for como eu, deve ser grata por ser ela a esclerosada e não você. Aguento tudo para que a mana não sofra, prefiro que seja comigo sempre.

      Uma coisa eu posso te garantir, se estiver perto e der o que ela precisa, na hora certa suas ideias e conhecimentos serão muito bem vindos.

      Que delícia conversar contigo. ❤

      Excluir
  16. Camila Yukari Kobayashi - Ok
    Eu nunca havia falado da EM, até que um dia li post no insta contando um pouco sobre o livro. Logo eu que gosto de ler histórias assim, segui o insta @livrodre e fui procurar sobre a doença, pois tbm sou curiosa assim comp Enri e Mel. Amei a chegada desses personagens na vida da Mit. Na ONG levei cada susto, tipo aquela menina que era modelo antes e tbm aquela que estava assustada pq ela era bailarina. Cada situação que diferente, mas tendo mesma doença que a Mit, certeza que ela poderá se sentir que não é única passando por esses surtos e sintomas.
    Achei tão grande e linda essa casa da Mit e Dimi, já imagino uma família grande correndo pela casa.
    Deve estar ansiosa pelo livro impresso, louca para ver uma foto do livro físico *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem conseguido aprender sobre a EM, Cami? Se tiver perguntas é só falar, viu? 😊

      Excluir
    2. Obrigada Ma, acho mt incrível essa iniciativa de escrever uma história assim e adoro sua atenção com as leitoras. :)
      Li novamente o que escrevi e estava repleto de erro ortográfico, peço desculpa, escrever pelo celular é mt ruim. 😬

      Excluir
  17. Estou devorando oclivro, até dei uma freada para acompanhar a leitura por aqui, sem avançar tanto, pq da vontade de falar um tanto de coisa....foi perfeito a MIT fazer novas amizades, mas o que está me incomodando mesmo e a Rora...tenho fé nessa amizade, não pode simplesmente acabar. # tocommedo

    Danielle Gomes Silva - ok

    ResponderExcluir

  18. Larissa Crusinski Santos - Ok

    Achei muito importante a Mit encontrar outras pessoas que têm o mesmo que ela, acho que é importante dividir experiências, as vezes é bom ver que aquilo não acontece só com a gente, dividir as histórias e perceber que cada um tem seu jeito de lidar com aquilo, mas que todos precisam de ajuda, precisam de amizades e pessoas ao nosso lado para nos dar suporte. Tenho certeza que a Mel e o Enrico serão muito importantes nessa história.

    Sei que é o jeito do furacão Aurora, mas tô triste por ela ter se afastado assim da Mit, e querer impor o que ela quer. Tbm sou orgulhosa, mas sei reconhecer quando devo pedir desculpas, as vezes vale mais passar por cima do nosso orgulho do que continuar afastados daqueles que amamos... torcendo para ela voltar atrás e recuperar essa amizade.

    Dimi continua sendo fofo e lindo como sempre, essa preocupação dele com a Mit é tão linda... Amo esses dois.

    Queria uma casa Rosa assim tbm kk Me apaixonei pela casa, e como futura engenheira sou apaixonada por isso, então imagina como não fiquei pensando em cada detalhe dessa casa !!! Já imaginei meu sótão biblioteca kkk

    Continuo amando DRE e já estou com o coração apertado em estar terminando... e Aaaaaaaaahhhhh logo teremos a edição física e VOU LER PELA TERCEIRA VEZ QUANDI TIVER O LIVRO EM MÃOS kkk ❤


    PS: não é muito importante (Só para mim, acho kk) mas adorei que tem uma personagem com meu nome, a moça da ONG que ajuda a bailarina que acabou de receber o diagnóstico. Nunca vejo personagens com meu nome e tô feliz de ver uma Larissa em um ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo seu nome, Lari! Acho lindo!😍

      Uma engenheiraaaaa! Monta uma casa roda pra mim!! Haha Imagina que coisa mais Linda?

      Amando te ver toda envolvida na história!😄😄❤

      Excluir
    2. Mulher tu já tá na minha lista de escritoras preferidas e agora que sei que acha meu nome lindo, já te coloquei no topo da lista kk ❤ brincadeiras a parte, você realmente entrou para meu top list de escritoras que mais gosto.

      COM TODA CERTEZA EU FAÇO UMA CASA ROSA PARA VOCÊ ❤😍 Será um prazer, além de ser como a da história, Rosa, janelas brancas, uma cerca com um super quintal, um sótão e uma super biblioteca para suas estantes lindas e maravilhosas.

      Eu tô super envolvida mesmo e amando cada detalhe e cada momento.

      Obrigada por essa história e por conscientizar a todos nós sobre a EM de uma forma que não foi pesada e que realmente levou aprendizado para quem leu.

      Excluir
  19. Essa atitude de hora penso como uma mistura de amor e imaturidade, por nao conseguir dosar os limites. Mas achei chatão ela nao ter voltado dias depois pra fazer as pazes.

    ResponderExcluir
  20. Momento difícil com Toda, espero que se acertem muita imaturidade da parte dela.

    Larissa Bianchi- ok

    ResponderExcluir
  21. A casa rosa é tão perfeita, parece as casas do Estados Unidos, as casas que aparecem em "Irmãos a obra", depois de reformadas. ❤

    Aurora ataca novamente, que louca... entendo o desespero dela, mas em nenhum momento ela ficou perto, conversou ou perguntou sobre como a Mit se sentia, não tem direito de exigir nada. E ainda dá uma de magoada e some, ela tem que parar de ser mandona e achar que é o centro de tudo.

    Que bom que a Mit conheceu novos amigos e que vão entender bem o que ela passa, e também pra ela entender mais da doença.

    Lanna Kelly Andrade - Ok.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece mesmo, Lanna!😍

      Vontade de dar uns tapas na Rora, né?😬

      Excluir
    2. Dá vontade mesmo. 😑
      Rora tem que tomar consciência logo, crescer...

      Excluir
  22. Daniane Almeida -ok-
    Achei legal a ONG e achei triste a briga com Rora.
    A casa rosa é linda.
    Não estou preparada pra despedir dessa nossa leitura coletiva...

    ResponderExcluir
  23. Tamires A. Alvino Meleti Silva - Ok

    Poxa fico triste com esses sintomas e reações da Mit, não deve ser nada fácil :( porem estou gostando da ideia de conhecer mais sobre essa doença, antes de começar a leitura coletiva só conhecia por nome. É muito nobre da sua parte compartilhar conosco Mah. <3
    Em relação aos capítulos fiquei triste também pelo desentendimento entre Mit e Rora, espero que voltem a se falar logo. E essa casa lindaa gente?!
    Gostei que Mit foi na ONG, assim ela conhece mais pessoas com a doença que ela tem, tomara que ela vá mais vezes e faça amizades bacanas ^^
    Eu imagino sua ansiedade pelo livro físico, quero logo meu exemplar rs' <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um mix de emoções, né Tami? Haha

      Logo teremos o físico! Amém haha

      Excluir
  24. Deborah Tesser Janotti28 de novembro de 2018 18:55

    Déborah Tesser Janotti - ok.

    AHHHHHH!!! Vamos escolher outro livro para começar tudo de novo? Hahaha
    Essa foto mudou tudo, passei um tempão tentando imaginar a casa dos sonhos.
    Amei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos! Hahaha

      Menina, pessoalmente é coisa de doido, pirei nela!😍

      Excluir
  25. Carolina Navarro Leite - ok

    Como assim penúltimo???? Já tô sofrendo!!! E essa casa??? Maravilhosa!!! Já tô aqui na ansiedade pelo livro físico pra ler tudinho de novo! ❤❤

    ResponderExcluir
  26. Mayara Cardoso Ferreira-ok
    Adoro a Rora, mas em certos momentos da muita raiva dela. A Mit tem muita paciência com ela, como o Dimi falou ela precisa ouvir umas verdades para parar de agir como se o mundo girasse em volta dela.
    A Mit sofreu com o diagnóstico e com a morte do pai e seguiu forte, lutando para sempre, e do nada a Rora já quer mandar ela pra Estados Unidos, assim não da.
    Acredito que se a Rora escutasse a Mit, ou colocasse essa possibilidade de outra maneira,a Mit teria escutado, visto o melhor para ela, até pq e no corpo dela, são sintomas que ela passa, que não pessoa no mundo que queira melhorar ou curar isso.

    Mari, desculpa pelo desabafo, mas tem hora que a Rora é bem irritante, admiro a paciência de Mit.

    Você achou a casa dos sonhos de qualquer pessoa, se no livro pra mim ela já era linda, sua inspiração real é um sonho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Magina, May! Eu super entendo.haha sou tipo mãe, que conhece os defeitos dos filhos, sabe? Morro de ranço da Rora. Não te julgo não! Haha

      Fala sério? Casa linda demais, né? 😍

      Excluir
  27. Rora e sua estranha maneira de agir, controlando e decidindo pelos outros, relacionamento difícil esse, principalmente porque não consegue admitir e reparar os próprios erros. Já perdeu tanto.
    A ONG não funcionou bem a princípio, mas trouxe amizades, alegria e frescor que a vida de Mit precisava.
    Adorei a casa rosa, linda!
    Esses momentos de leitura deixarão saudades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem alguma Rora na sua vida? É difícil demais de lidar, né? Compensa por um lado, mas enlouquece por outro. 😣

      Já estou cheia de saudade, Areta!😢

      Excluir
  28. Casa maravilhosa, da vontade de bater na Aurora. Ai espero q o grupo ajude a Mit.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kķkkkkk morri con a vontade de bater.

      Vocês me matam! Hahaha 🙈

      Excluir
  29. Cilene Cristiane Mansini - ok
    Só acho que a Aurora devia pensar mais nas coisas, pois com certeza ela precisa mais da Mit do que a Mit dela...A Mit ama a Aurora, mas ela tem o Dimi, e a tonta da Aurora não trata bem o Fi, que se ela bobear vai cansar e vai embora e ela fica sozinha...Acho que meu coração esta muito peludo rs.
    Mas gostei da Mit ter encontrado outras pessoas como ela, apesar da experiencia ter sido traumática em primeiro momento, espero que ou ela volte e se sinta melhor ou pelo menos faça mais dois amigos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahah não achei seu coração peludo, achei ele bem sincero. Kkkkk

      A ONG existe pra Isso, né? Mas a Mit é muito apavorada. 😬

      Excluir
  30. Cara, fiquei tão decepcionada com a Aurora! Realmente tenho rança de gente que tenta controlar o outro... Amizade não é assim, não pode haver esse tipo de situação. E Aurora precisa de um psicólogo. Urgente.

    Até eu tô animada com essa casa nova! Que Mitali possa viver muitas coisas incríveis lá, junto com Dimitri.

    Essa primeira vez na ONG foi tensa! Tomara que Mitali volte e troque experiências, conheça novas pessoas...

    Arline M da Silva - ok

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahah meta #PsicólogopraRora

      Vou sentir saudade da sua intensidade, Li. Haha

      Excluir
  31. Eu ia falar da casa kkk. Precisava ver uma foto em que foi baseada <3
    Amo ler histórias com grupos de apoio, acho bem bacana! Espero que a dona Mit volte, pois parece que fez bons novos amigos.
    Karla Yumi Yamasita Dos Santos - Ok

    ResponderExcluir
  32. Daniela Suellen - ok

    Entendo a preocupação da Rora, mas ela precisava mesmo de limites.

    Gostei muito das novas amizades da Mit (até fico pensando em como seria um livro de um deles 🙈).

    E sobre a Mit não querer saber muito, eu me lembrei de quando comecei a fazer terapia para ajudar a controlar a ansiedade, a minha psicóloga falava algo como: "Pelo amor de Deus, Dani, pare de procurar sobre doenças na internet". Não foi bem assim que ela disse, mas foi algo parecido, porque tudo que eu lia eu achava que tinha, não importava a doença que fosse, e achava que ia morrer jovem por causa delas, mesmo não tendo doença nenhuma que poderia me matar. O pior é que eu achava que poderia morrer, mas não queria ir no médico para confirmar. Não tem nem muita lógica, mas quando você está meio surtando, quase nada tem lógica depois mesmo, eu acho. E depois que parei de procurar, "parei" de sentir muitas coisas, porque elas estavam só na minha cabeça.

    P.S. Se na minha cabeça a casa já me parecia linda, vendo essa aí então, já dá vontade de ganhar na loteria e comprar uma parecida 🙈😂.

    P.P.S. Fico pensando que se abraçar e cheirar livros novos já é algo maravilhoso, imagina fazer isso com um livro que a gente escreveu? Incrível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Danii, você leu a minha mente. Vou falar mais no último dia de leitura coletiva e você vai lembrar dessa nossa conversa. Haha

      Que loucura tudo isso. Mas você está bem hoje? Normal ninguém é, viu? Descobri isso.haha

      Imagina um livro que lemos juntas? É amor demais! ❤❤

      Excluir
  33. Não gostei da atitude da Aurora (novamente). Mesmo tentando ajudar, ela deveria entender que nem tudo roda do jeito dela. Muito impulsiva.
    A casa, só de imaginar eu já achei maravilhosa, vendo a foto agora só tive certeza!!
    E achei bem bacana a Mit conhecer pessoas que também tenham EM, é uma nova forma de aprender mais sobre como ela acontece em diversas pessoas.

    Graciene Santos de Souza Regis - OK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gra, aprendi una expressão engraçada, que quando alguém causa assim como a Rora, está peidando na farofa!hihi Eu ri demais. Tenho tanto ranço da Rora. Só por Deus! Mas que bom que do resto você está gostando.😍😍

      Excluir
  34. Elaine Pereira. Ok.

    Eu achei ótimo essa tentativa de conhecer pessoas com a EM. Foi difícil no início principalmente pela Mit não sabet muito sobre tudo, mas ela estava sem a melhor amiga e precisava se distrair.

    E cá pra nós... a Aurora passou do ponto, né?!

    Eu não quero que acabe :(

    ResponderExcluir
  35. Daniela Suellen - ok

    Entendo a preocupação da Rora, mas ela precisava mesmo de limites.

    Gostei muito das novas amizades da Mit (até fico pensando em como seria um livro de um deles 🙈).

    E sobre a Mit não querer saber muito, eu me lembrei de quando comecei a fazer terapia para ajudar a controlar a ansiedade, a minha psicóloga falava algo como: "Pelo amor de Deus, Dani, pare de procurar sobre doenças na internet". Não foi bem assim que ela disse, mas foi algo parecido, porque tudo que eu lia eu achava que tinha, não importava a doença que fosse, e achava que ia morrer jovem por causa delas, mesmo não tendo doença nenhuma que poderia me matar. O pior é que eu achava que poderia morrer, mas não queria ir no médico para confirmar. Não tem nem muita lógica, mas quando você está meio surtando, quase nada tem lógica depois mesmo, eu acho. E depois que parei de procurar, "parei" de sentir muitas coisas, porque elas estavam só na minha cabeça.

    P.S. Se na minha cabeça a casa já me parecia linda, vendo essa aí então, já dá vontade de ganhar na loteria e comprar uma parecida 🙈😂.

    P.P.S. Fico pensando que se abraçar e cheirar livros novos já é algo maravilhoso, imagina fazer isso com um livro que a gente escreveu? Incrível.

    ResponderExcluir
  36. Fui uma flexinha para conseguir acaompanhar essa maratona
    Mas esse livro mostra sua realidade, modificada? Talvez, eu não sei
    Mas digo que você é super forte e te admiro, pela doença, pelas perdas e por essa coragem de deixar todos nós a te conhecer atraves de suas proprias palavras

    Kamila Aparecida - Ok

    ResponderExcluir